Pe. João S. Clá Días. Presidente Geral e Fundador dos Arautos do Evangelio

São Paulo – (25.07.08).- (TV Arautos). O Título de Doutor Honoris Causa é atribuido à personalidade que tenha se distinguido pelo saber ou, pela atuação em prol das artes, da filosofia, das letras ou do melhor entendimento entre os povos.
Num reconhecimento pelo trabalho que o Pe. João S. Clá Dias realiza através da arte, das letras e da cultura em geral, o Centro Universitário Ítalo Brasileiro conferiu-lhe no último dia 25 de julho, o título de Doutor Honoris Causa.
A entrega da honraria aconteceu durante a Santa Missa que marcou a abertura do V Congresso de Cooperadores dos Arautos do Evangelho, na Igreja Nossa Senhora do Rosário.
Segundo o Reitor da Uniitalo, Marcos Antonio Gagliardi Cascino, a instituição decidiu prestar esta homenagem ao Pe. João Clá que, por meio da cultura, busca a evangelização.
Ainda segundo o Reitor, este é o primeiro título Honoris Causa atribuído a uma personalidade nascida no Brasil entre os três que já foram outorgados pela Uniítalo. “A outorga deste título é estarmos próximos aos Arautos e participarmos efetivamente deste movimento de evangelização, de uma forma ou de outra através da Uniítalo”.
Os Arautos evangelizam também através da arte, com encenações teatrais e música.

Este é um trabalho que tem como finalidade promover a santificação pessoal utilizando a música e a cultura em geral como meio de evangelização.

Pe. João Clá recebe o titulo Honoris Causa

Pe. João Clá recebe o título Honoris Causa

Por estes motivos, o título de Doutor Honoris Causa foi atribuído ao Padre João Clá Dias, segundo a Uniitalo, pela excelência em termos de cultura, ciência e fé.
“ Poder contar no campo no campo da cultura com o título de Doutor Honoris Causa de uma instituição de tal peso, traz muita importância para o nosso apostolado e um apostolado também no campo da cultura. Querer afirmar como fazem alguns que há uma distinção, que há uma separação, que há uma incongruência as vezes entre a fé e a razão, entre religião e cultura, é uma insensatez monumental porque a cultura sai das mãos de Deus, a razão sai das mãos de Deus, a fé sai das mãos de Deus, a religião sai das mãos de Deus. Não é possível que em Deus exista esta contradição: o que Ele faz com uma das mãos seja contrário ao que Ele faz com a outra. Essas duas mãos de Deus, fé e razão, cultura, ciência e religião, estão inteiramente unidas”, disse Padre João.

Fonte: TV Arautos

Anúncios